quarta-feira, 20 de novembro de 2013

CONSCIÊNCIA NÃO TEM COR

 

                                                 Texto de  Márcio Basso Gomes

Comemorado desde 1960, o Dia da Consciência Negra se tornou feriado municipal há 9 anos. A data lembra a morte de Zumbi, em 1695, líder do Quilombo dos Palmares, uma resistência de escravos.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Quebrando o Silêncio em Urupá

Na manhã de sábado 09/11, a cidade de Urupá parou para ver uma das mais importantes manifestações públicas que ocorrem em todo o mundo. Este programa é o Quebrando o Silêncio, promovido pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, através do Ministério da Mulher e dos Jovens Adventistas, esse programa, premiado pela ONU, tem como objetivo a luta contra a violência praticada contra o idoso, a mulher e a criança. 
                  
 A passeata levava várias faixas com palavras de ordem contra os mais diversos tipos de violência. Saiu às ruas de nossa cidade, mais de duzentas pessoas, segundo os organizadores, distribuindo revistas e folhetos contendo orientações preventivas e/ou como denunciar os agressores. Os jovens adventistas de Urupá contaram com um reforço excelente de duas fanfarras dos clubes de Desbravadores da cidade de Ariquemes que veio a nossa cidade especialmente para o evento. A caminhada saiu em frente à Igreja Adventista Sétimo Dia e passou pelas Avenidas Moacir de Paula e Cabo Barbosa.

 Por onde o grupo passava recebia o carinho das pessoas, muitas vezes o professor Donizete, que ia à frente ao lado do carro de som, convocava o povo que estava nas calçadas para se manifestar contra a violência e as pessoas atendiam aos apelos e se manifestavam.
Foi muito interessante ver como o povo urupaense não tolera as injustiças contra as pessoas mais vulneráveis. Fica aqui nosso apelo a você que lê essa matéria, a exemplo dos jovens adventistas, seja um defensor da causa contra todo tipo de violência cometida aos idosos, mulheres e crianças da sua comunidade.

Entre em contato conosco.